sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Palhaço


Hoje é comemorado o dia do palhaço. Veja só. Engraçado. Penso no percurso dessa palavra - que  ultrapassou os limites do picadeiro para se transformar em adjetivo - e me pergunto: será então que a comemoração se estende a todo tipo de palhaço? Se a resposta for afirmativa, talvez devesse ser feriado. Quanta gente seria honrada com a data! Todo sujeito já foi palhaço.  Porém, parece-me que o de ofício está em extinção.

Foi-se o tempo de Carequinha, Arrelia e cia. No passado, ver o palhaço era um evento, um show. Um encanto/espanto aos olhos arregalados das crianças. No mínimo era curioso. Fora dos palcos, eram pessoas simples. De palhaços tinham somente o domínio da arte de fazer rir. Não eram sinônimos de idiotas. Não eram bobos. Não eram ridículos. Não eram astros de filme de terror. Alguns até ganharam fama em programas infantis, mas foram substituídos aos poucos por novos quadros. Perderam espaço. Morreram sem fazer fortuna, muitos no anonimato.

Podemos ainda encontrar pessoas vestidas de palhaço, salvo uma ou outra exceção, sem graça nenhuma, tentando chamar clientes na porta das lojas de rede, distribuindo pipoca. Com talento, alguns artistas persistem. Trabalham em circos, gravam dvds, animam festas. Recentemente descobri um muito bom. É argentino. Chama-se Piñon. Canta, diverte, envolve os pequenos e os grandes em um universo mágico. Trabalha para alegrar e atrair a família. Integra pais e filhos em brincadeiras pra lá de engraçadas. 

Palhaço deveria ser isso: aquele que irradia alegria. Talvez por terem sido tão maltratados, deixados de lado, passados pra trás, os palhaços ganharam esse ar pejorativo. É uma pena. Palhaçada não é mais uma brincadeira típica, é uma pilantragem. E nessa cena, o palhaço é o espectador. 

  



 

Um comentário:

  1. Ser palhaço já teve seu glamour. Hoje a baixa é tanto que tem palhaço aí que chegou ao ponto de entrar na carreira política!
    De qualquer forma, como Brasília é um circo sem lona, nada melhor que um legítimo represente da categoria para animar o recinto.

    ResponderExcluir