terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Ela é comprometida


Todas as tardes a vejo passar.
Sorrio. Procuro ser discreto.
É sempre difícil, mas tento evitá-la.
Juro que tento, até em pensamento.

Não a posso esquecer.
Queria que fosse só minha.
Soa tão doce: minha pequena.
Mas minha não pode ser.

Cheguei tarde. Como é a vida.
Eu a faria feliz, não fosse
O meu querido amigo.
Que não sabe o quanto a quero

Bem.

Prefiro poupar-nos.
Sofro apenas eu assim.
Guardo em segredo
O meu amor numa caixa
Com os retratos furtados.

Registro todos os seus momentos.
É um pretexto para estar em sua vida.
Fico encolhido, no cantinho, quieto;
Escondido atrás das lentes.

Filmo seus passos, fotografo.
Suas imagens são a minha companhia de domingo.
Os filmes são a única coisa que nos pertencem.
É bom compartilhar algo, poder dizer que são 'nossos'.
Meu e seu. Eu dividiria tudo, para dizer muitas vezes isso.
Sua presença traz vida à minha casa.
Dá um toque feminino.

Ela não me vê. Não como eu a vejo.
Mas tem um olhar que me desmonta.
Eu a observo de perto.
Conheço cada tom do seu riso.
Sinto o movimento de seu corpo
Sem nunca tê-lo envolvido.

Fico a admirar seus cabelos.
Posso senti-los a escapar entre meus dedos.
Como no dia em que os afastei de seu rosto,
Em um breve instante de descontrole,
Quando o vento insistiu em me provocar.

Tão perfeita, tão linda, tão longe.
Se soubesse o quanto dela há em mim.
Talvez nunca mais me encontrasse.
Tão perfeita, tão linda, tão fiel.

Sou um homem apaixonado.
Não sou correspondido.
E isso já não me preocupa.
Meu sentimento me basta.
O amor é para ser doado,
Ele alimenta a quem o cultiva.
Eu o faço de coração.

Um comentário:

  1. O poema me fez lembrar de uma história que li, que por sua vez gerou a bela música abaixo:

    Layla (Eric Clapton)


    What will you do when you get lonely
    and nobody´s waiting by your side?
    You've been running and hiding much too long
    You know it's just your foolish pride

    Chorus: Layla.
    You've got me on my knees, Layla.
    Begging darling please, Layla.
    Darling, won't you ease my worried mind?

    Tried to give you consolation.
    When your old man, he let you down.
    Like a fool, I fell in love with you.
    You turned my whole world upside down.

    Repeat chorus

    Make the best of the situation
    Before I finally go insane
    Please don't say we'll never find a way
    Or tell me all my love's in vain

    Repeat chorus

    ResponderExcluir