terça-feira, 3 de maio de 2011

Todas as brasileiras são piranhas?


"A maioria das mulheres brasileiras são piranhas e marias-chuteira", disse a célebre e respeitável Sr.ª Adriana Aranguiz, chilena, modelo 'de sucesso', casada com o 'astro' do futebol Valdivia. Bem, se essa senhora mora no Brasil, imagino que ela tenha se referido ao círculo de mulheres com as quais ela convive, porque eu, minha irmã, minha mãe, minha vó, minha sogra e minhas amigas não somos galinhas e muito menos vivemos às custas de jogador de futebol.

Piranha, pra usar a expressão refinada da moça, tem em qualquer lugar, não é exclusividade brasileira. Sinceramente, não estou aqui pra emitir julgamentos, cada uma sabe o que quer da vida. O fato é que ela se referiu à maioria e isso, de certa forma, nos incluiu a todas. Sinto informar, Srª Aranguiz, mas a maioria das mulheres brasileiras é chefe de família. Nossas guerreiras sustentam seus lares com o próprio trabalho (amplie seus horizontes com um jornal). São mulheres que enfretam as dificuldades cotidianas da nossa dura realidade nacional, que não se curvam diante dos desafios da vida, que fazem acontecer e, melhor, não perdem a alegria e a esperança.

Desculpa dizer isso dessa forma, mas, francamente, a maioria das brasileiras, incluindo a mim, nem sabe quem é o seu marido. Só o que resta é desejar uma boa e breve viagem de retorno ao seu país, onde pelo que li você é muito bem vista.

2 comentários:

  1. Sinceramente, nunca tinha ouvido falar desta respeitável senhora.
    Suspeito, inclusive, que ela deve ter contraído nupcias muito antes de ele virar jogador profissional...
    No mais, provavelmente ela está se referindo as amigas de "chá" dela. Vai saber...

    ResponderExcluir
  2. Lia querida, conhecemos bem a projeção, não é mesmo?

    Então...fale dos outros e diras quem és!

    Beijos!

    ResponderExcluir